Lançamento do livro “A Construção do Poético no Roteiro Cinematográfico” de Ana Johann

No dia 16 de Outubro, a partir das 19:00h, acontece no Espaço de Arte o lançamento do livro “A Construção do Poético no Roteiro Cinematográfico” da roteirista e cineasta Ana Johann.

Serviço: Lançamento do livro “A Construção do Poético no Roteiro Cinematográfico” de Ana Johann
Quando: 16/10/2015
Local:Espaço de Arte – Rua Alberto Folloni, 1534 – Ahú
Horário: 19h
Entrada Gratuita

Sobre o Livro:
O cinema, no decorrer de uma trajetória de mais de um século, foi buscando suas especificidades, adequando, adaptando e transformando princípios de dramaturgia advindos do teatro e da literatura, até constituir seus próprios parâmetros. Em geral, estudos de cinema se voltam para filmes já finalizados e, os conteúdos dos livros de roteiro tendem a ensinar as ‘leis do drama’ na concepção da cena. Por outro lado, muitos roteiristas se debatem entre utilizar estratégias de dramaturgia já consolidadas e/ou outras concepções não denominadas, nem sistematizadas.
A partir destas constatações, este livro concentra-se em refletir sobre a construção do poético na escrita do roteiro cinematográfico.
Conhecidos elementos de roteiros (pássaros, cavalos, quadros, torneira, entre outros) foram examinados sob diferentes perspectivas e à luz de conceitos de diversos autores, como: Bachelard (2000), poética do espaço; Greimas (2002) fratura e escapatória; Xavier (2005), transparência e opacidade e Samain (2012), como pensam as imagens, aplicados a filmes, como Django (Quentin Tarantino, 2012) e, especialmente, Amor (Michael Haneke, 2012).
Este estudo apresenta os caminhos percorridos pela roteirista/autora, em busca de um maior entendimento sobre algumas particularidades da escrita do roteiro.

Sobre a autora:
Roteirista, cineasta e professora, Ana Johann tem Especialização em Documentário pela Universidade de Barcelona e é Mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná. Dirigiu e roteirizou quatro filmes. “Um Filme para Dirceu” (2012), seu primeiro longa-metragem, foi Prêmio Especial de Júri no “45° Festival de Brasília de Cinema Brasileiro”. Seu mais recente trabalho, o filme “Notícias da Rainha” (2013) ganhou os prêmios de ‘melhor filme’ e ‘melhor roteiro’ no “8° Encontro de Cinema e Vídeo dos Sertões” e de ‘melhor documentário’
ibero-americano no “FEMCINE – Festival de Cinema de Mulheres” no Chile, e de ‘melhor direção de arte e design sonoro’ no “8° Cine-PE- Festival Audiovisual de Pernambuco e teve também participações em festivais como o “Dei Popoli” na Itália e no “Edinburgh International Festival”. Em 2013, foi júri do “46° Festival de Brasília de Cinema Brasileiro” e da “8° Mostra Curta Goiânia”. Em 2014, foi júri do Concurso de Dramaturgia da FUNARTE. Integrou o “Núcleo de dramaturgia SESI-PR” durante três anos com o diretor Roberto Alvim, onde escreveu e teve duas peças encenadas:
“Histórias de cachorros e outros animais” e “Um rosto que espreme”. Foi também integrante do “Núcleo de roteiristas SESI-PR” com os professores Leandro Saraiva e Rune Tavares. Durante o processo do núcleo, escreveu o roteiro “A mesma parte de um homem”, e na sequência foi professora do Núcleo SESI de Londrina (PR). No ano passado (2014), dentre 400 roteiros, este ficou classificado entre os dez roteiros escolhidos para receber consultoria no “LAB Sesc- novas histórias”. Seu segundo longa-metragem, “O que nos olha” e seu primeiro curta de ficção “Você ainda não está morta” estão em fase de montagem.
Atualmente, é professora da Faculdade de Cinema UNESPAR, na Disciplina de Roteiro; é integrante do “CINECRIARE-Grupo de pesquisa Cinema:
Criação e Reflexão” e, também leciona em cursos de pós-graduação em diversas universidades, além de ministrar oficinas de roteiro. É também realizadora, empreendendo seus próprios projetos com a sua produtora, a “Capicua Filmes”.

11201841_991862447537071_941841411311497005_n